As facetas diretas em resina composta estão sendo utilizadas para realizar restaurações estéticas nos dentes com alteração de cor, forma, ou quando existem as duas situações. Elas conservam a estrutura dentária e são mais fáceis para manusear diretamente na boca. As mudanças na cor e na forma do dente podem acontecer por causa de traumas, má formação e descuido na saúde bucal.

Atualmente, esse tipo de restauração é amplamente utilizado por sua praticidade, simplicidade e pelo baixo custo. Para realizar o procedimento, o dentista deve realizar um diagnóstico, com todas as informações necessárias, e formatar um plano de tratamento específico para o paciente.

Os profissionais que realizam essa técnica devem possuir uma grande habilidade manual para produzir detalhes anatômicos, nunaces de cor e texturas naturais. O dentista precisa ter uma boa experiência clínica para obter os melhores resultados.

Esse procedimento é indicado para casos em que quase toda a estrtutura dentária esteja comprometida por alteração de cor, forma ou textura. Desde que eles não possam ser recuperados por outros meios, mais conservadores, como restaurações, clareamento dental e microabrasão.

A faceta direta em resina composta pode ser feita a partir da matriz de acetato, que facilita a técnica de reprodução anatômica durante a composição. O resultado é muito satisfatório e devolve os detalhes anatômicos à superíficie externa do dente.

Uma grande desvantagem da faceta em resina é que ela perde o polimento em alguns meses e pode mudar de cor ao incorporar pigmentos da alimentação do paciente.

 

Como alternativa às facetas de resina temos as LENTES DE CONTATO DENTAIS, Clique aqui e veja mais.

 

 

Palavras-chave: faceta direta em resina composta, dente, dentista, restauração, estética, cor, forma, anatômico, técnica, procedimento

 


IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário