Ir ao médico regularmente, consultar um especialista para saber se está tudo bem e programar exames são cuidados preventivos que deveriam ter se tornado rotina para a maioria dos pacientes. A prevenção é essencial para evitar problemas futuros, e que podem se agravar com o passar do tempo.

O check up é muito comum para pacientes que possuem alguma doença como cardiopatias, pressão alta ou problemas respiratórios e a prática também deveria ser seguida por pessoas consideradas "saudáveis". Na verdade, a recomendação é sempre prevenir do que remediar, já que é pior tratar um problema já instalado do que atuar de forma eficaz para evitar que ele apareça.

Na Odontologia, essa prática também deveria ser seguida, mas a maioria dos pacientes só procura ajuda quando já está com dor nos dentes ou quando a inflamação ou infecção afetou sua arcada dentária. No check up odontológico, o dentista observa língua, bochechas, garganta e gengivas. Ele verifica se o paciente apresenta cáries, tártaro ou restaurações antigas que precisam ser refeitas. A mordida também avaliada durante o procedimento que dura 40 minutos.

Todo o processo pode ser feito por um exame digital, em que o tamanho dos dentes é aumentado em até 60 vezes, permitindo que as imperfeições mais pequenas sejam encontradas. As imagens são feitas por uma câmera intra-oral de alta definição. Após o procedimento, um laudo é finalizado, com os problemas encontrados e planos de tratamentos.

A avaliação pode ser feita a cada seis meses para que o dentista possa realizar uma avaliação criteriosa, observando se é preciso realizar novos reparos ou se apenas os cuidados diários feitos pelo paciente são suficientes para uma boa saúde bucal

Palavras-chave: check up, dentes, dentista, check up odontológico, exame digital, exames, avaliação, tratamentos, odontologia


IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário