Biomateriais para enxerto osseo

 

O enxerto ósseo é uma técnica indicada para reconstituir uma estrutura óssea que seja suficiente para a colocação de implantes dentários. A falta de volume ou outros defeitos ósseos são comuns em pessoas que estão sem dentes há muito tempo (reabsorção óssea) ou que sofreram algum algum tipo impacto no tecido ósseo. Com isso, os ossos da região ficam com menos espessura e altura e pode ocorrer o aumento do tamanho do seio maxilar, o que impede a colocação de implante.

 

O dentista possui diversas opções de materiais e de biomateriais para realizar o enxerto ósseo. A decisão será tomada a partir de uma avaliação criteriosa do paciente, levando em conta a estrutura dentária do paciente, a quantidade de material necessária e o resultados que podem ser obtidos.

 

 
 
Para pequenas reconstruções, o dentista pode utilizar material ósseo retirado da boca do próprio paciente. O procedimento é realizado no próprio consultório odontológico com anestesia local.

 

Em grandes reconstruções, o osso pode ser retirado da bacia (ilíaco) ou da calota craniana (parietal). O procedimento é realizado em ambiente hospitalar sob anestesia geral por equipe multidisciplinar odontológica e médica.

 

Também é possível utilizar enxertos retirados de animais – xenógeno (osso liofilizado bovino - genox), de bancos de ossos (transplante ósseo), de outra pessoa da mesma espécie (alogênicos) ou usar materiais vítreos sintéticos – bioss (alógeno) e precursor ósseo (hidroxiapatita sintética), entretanto, o mais indicado é o enxerto da própria pessoa (osso autógeno). O procedimento pode ser realizado em fragmentos ou em bloco.

11 3262-4750

WhatsApp11 99598-1866

Fale Conosco [email protected]

Skypeclinica_implart

FacebookImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter  @implart

InstagramClinicaImplart 

 



Palavras-chave: enxerto ósseo, tipos de materiais, dentista, dente, implante, osso atrofiado, animais, consultório, alógeno, autógeno.

IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário