Implantes Dentários

Implante dentario: o que é?
O implante dental é um pino de titânio que substitui a raiz de um dente perdido, este implante serve como apoio para que a prótese seja instalada sobre ele. Após o término do tratamento o objetivo é que o paciente tenha dentes semelhantes aos naturais em estética a capacidade mastigatória. O implante dental pode ser indicado para diversos casos, desde a perda de todos os dentes, de alguns ou de apenas um dente.
 
Implante dentario: como é feito?
A perda de um ou mais dentes leva a uma condição estética desfavorável, além de comprometer todo um equilíbrio que ocorre no sistema mastigatório, que causa problemas de mordida e favorece o aparecimento de outras disfunções, portanto é fundamental uma rápida reposição do espaço. Dentre todas as alternativas reabilitadoras existentes, o implante, quando indicado em condições adequadas, é a melhor opção para substituir dentes perdidos.
 
Vantagens do implante dental
O tratamento oferece benefícios ao paciente devolvendo principalmente a função da mastigação e a estética. Como o implante dental é instalado de maneira definitiva e fixa, não há desconforto causado por problemas de instabilidade de próteses parciais removíveis ou dentaduras e também não há necessidade de comprometer os dentes naturais adjacentes, situações muito comuns em pessoas que usam prótese. Além disso a extração de um dente promove um aspecto de envelhecimento com a perda de estrutura óssea e falta de suporte para os lábios e bochechas, o implante dental minimiza esses problemas melhorando a auto estima do paciente.
 
Quem pode se submeter ao tratamento com implante dental?
O implante dental é o tratamento ideal na maioria dos casos em que ocorreu a perda de alguns ou mesmo todos os dentes, porém há a necessidade de uma consulta com o dentista para avaliação das condições de saúde geral e oral do paciente.
 
Contra indicações
O implante dental não deve ser colocado em situações que o paciente não pode se submeter a nenhuma cirurgia oral por problemas de saúde, ou nos casos onde não há uma quantidade de osso suficiente para a retenção do implante, apesar de que atualmente esse problema pode ser solucionado com técnicas de enxerto ósseo.
 
Colocação do implante dental
O procedimento básico para a colocação do implante dental é realizado em algumas fases, a primeira delas consiste em realizar uma pequena cirurgia no próprio consultório odontológico sob anestesia local, em que são instalados os implantes de titânio nos locais edentulos. Em seguida, há um período de cicatrização que dura cerca de 4 a 6 meses para o implante aderir ao osso e assim possibilitar a conclusão do processo com a confecção e instalação da prótese (coroa) sobre o implante. Atualmente já podem ser realizadas cirurgias com a imediata instalação da prótese. 
 
Etapas da colocação do implante dental
As fases do tratamento variam de acordo com as condições do paciente, complexidade e número de implantes utilizados em cada caso, mas basicamente é dividido em 4 fases:

 

1º Avaliação do paciente e planejamento, com exames radiográficos.
2º Instalação do implante através de uma cirurgia. Após essa fase é necessário esperar alguns meses, e pode-se optar por colocar uma prótese provisória.
3º Instalação da prótese definitiva sobre o implante.
4º Manutenção, com avaliações periódicas.

 
O bom estado geral de saúde do paciente é requisito fundamental para colocação de implantes dentários, e mais do que isso, mantê-los firmes para executarem bem suas funções ao longo dos anos. Um cirurgião implantodontista sério tem, antes de qualquer coisa, uma conversa com o paciente a fim de assegurar que ele é um bom candidato a passar por essa cirurgia e que essa tenha condições de ser bem sucedida.
 
A princípio, algumas doenças sistêmicas contra indicam esse tipo de cirurgia. Entre elas estão a diabetes, hipertensão, osteoporose e hiv. Mas a boa notícia é que, em alguns casos, havendo controle da doença, a cirurgia pode ser realizada com grandes chances de sucesso. Conheça a seguir como cada uma dessas doenças se comporta diante do implante dentário e como a implantodontia se posiciona.
 
Diabetes
Como é conhecido, pacientes portadores de diabetes mellitus tipo 2 não controlada têm dificuldade no processo de cicatrização e maior propensão a infecções após alguma cirurgia.
A osseointegração com implante dentário é um processo cicatricial fundamental para sucesso da cirurgia. É através dela que o implante se mantém firme no osso da mandíbula ou maxilar ao longo dos anos. Portanto, em pacientes diabéticos com dificuldade de cicatrização, o processo de osseointegração pode não ocorrer da maneira que se espera e a cirurgia para colocação de implantes dentários não é recomendada.
Porem existem estudos recentes que demonstram que em pacientes diabéticos com glicemia muito bem controlada, o processo de osseointegração ocorre normalmente e a colocação de implantes dentárias pode ser indicada, desde que haja acompanhamento e que o paciente realize exames complementares antes e depois da cirurgia (principalmente glicemia e coagulograma).
 
Hipertensão e doenças cardíacas
A mesma regra pode ser aplicada para pacientes hipertensos. A cirurgia para colocação de implantes dentários pode ser realizada em pacientes hipertensos, desde que a pressão esteja controlada. Pacientes com alguma cardiopatia grave e que fazem uso de medicamento anticoagulante deve ser bem analisado antes de receber a indicação de implantes dentários.
Em ambos os casos, o cirurgião implantodontista, antes de qualquer coisa, conversa com o paciente a fim de identificar os hábitos do pacientes e pede exames complementares para averiguar a possibilidade da indicação da cirurgia, bem como a expectativa pelos resultados.
 
Osteoporose
A osteoporose é uma enfermidade que compromete a densidade óssea, portanto contra indica a colocação de implantes dentários (que dependem de boa qualidade óssea para se fixarem). No entanto, o cirurgião implantodontista pode pedir um exame para confirmar a densidade óssea do paciente, e dependendo do caso, fazer a indicação dos implantes dentários com cautela. Pacientes do sexo feminino portadoras de osteoporose podem realizar um tratamento complementar com reposição hormonal e cálcio para melhorar a densidade óssea.
 
Conheça mais dúvidas frequentes sobre implantes dentários
 
HIV+
Implantes dentários realizados em paciente HIV soropositivo tem se mostrado eficientes. Neste caso, o cirurgião implantodontista também pede exames complementares para avaliar o estado de saúde do paciente e a qualidade óssea da região que vai receber o implante para fazer uma indicação segura.
 
A ImplArt Odontologia é composta por profissionais especialistas em implantes dentários, tendo realizado milhares de procedimentos com resultados muito satisfatórios. Venha nos fazer uma visita!

 

11 3262-4750

WhatsApp11 99598-1866

Fale Conosco [email protected]

Skypeclinica_implart

FacebookImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter  @implart

InstagramClinicaImplart

 

 

Palavras-chave: doenças sistêmicas, implantes dentários, implantodontista, doenças sistêmicas, diabetes, hipertensão, osteoporose, HIV, osseointegração, cirurgião implantodontista, implantodontia. 

Proteses implantes tratamentos idosos

 

Atendimento odontológico especializado para a melhor idade 

A ImplArt Odontologia preza pelo bom atendimento oferecendo serviços de qualidade, com conforto e agilidade. Toda a estrutura da clínica é pensada nesse sentido, e para o paciente idoso essa atenção não poderia deixar de ser ainda mais especial.
A necessidade de tratamentos odontológicos, muitos deles cirúrgicos, ocorre com frequência nessa faixa etária, como por exemplo, a necessidade de reabilitação oral com colocação de implantes dentários e prótese fixa, restauração de dentes cariados, controle de doença periodontal, entre outros. 

 

A prótese fixa sobre implantes pode melhorar a qualidade de vida do idoso, principalmente aquele que usa dentadura que machuca e atrapalha na mastigação. O conforto na mastigação oferecido por prótese fixa sobre implantes favorece a alimentação adequada de nutrientes importante para manutenção da saúde.

 

A atenção especial ao idoso se deve ao fato de que, em alguns casos, o paciente também pode ser portador de outros problemas de saúde, como pressão alta, diabetes, problemas cardíacos ou mobilidade reduzida. Isso exige atenção da equipe odontológica, por isso o tratamento odontológico é feito com o conhecimento do(s) médico(s) que o acompanha. Antes de iniciar qualquer tratamento odontológico, nossa equipe leva em conta o histórico de saúde do paciente idoso, hábitos e medicação de uso contínuo. 

 

A ImplArt possui estrutura especializada que permite que as cirurgias odontológicas sejam executadas de forma minimante invasivas. A cirurgia para colocação de implantes dentários, por exemplo, é guiada por computador. As incisões são feitas apenas no local onde vão ser colocados os pinos, evitando assim, cortes desnecessários na gengiva. Para o paciente essa técnica representa pouca ou nenhuma dor e sangramento durante a cirurgia, além de uma recuperação mais rápida, sem edemas no pós-operatório e considerável redução do risco de infecções.
 
Saiba mais sobre implantes dentários
 
estrutura da ImplArt Odontologia também conta com um laboratório protético próprio, radiografia panorâmica digital, ultrassom cirúrgico e o sistemas computadorizados para projeção e execução de próteses e restaurações (sistemas CEREC e 3Shape). Toda essa tecnologia permite que o tratamento seja feito com muita agilidade, em alguns casos em tempo reduzido pelo Day Clinic.
Todo o espaço tem boa acessibilidade, oferecendo conforto para pacientes com mobilidade reduzida.
 
Conheça a ImplArt. Venha nos fazer uma visita e confira nossa estrutura diferenciada que oferece toda comodidade e agilidade para o paciente na melhor idade. Agende agora mesmo uma consulta com a nossa equipe especializada:

 

11 3262-4750

WhatsApp11 99598-1866

Fale Conosco [email protected]

Skypeclinica_implart

FacebookImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter  @implart

InstagramClinicaImplart

 

 

 
Palavras-chave: próteses, implantes, tratamentos a idosos, bom atendimento, serviços de qualidade, conforto, agilidade, tratamentos odontológicos, reabilitação oral, doença periodontal, equipe odontológica, implantes dentários, gengiva, próteses dentarias, radiografia panorâmica digital, ultrassom cirúrgico, CEREC, Day Clinic.

 Integracao ortodontia e implantes

 

Ortodontia e Implantodontia
Todo tratamento odontológico deve ser planejado de forma completa, para que, dentro do possível. os melhores resultados funcionais e estéticos sejam alcançados. Por esse motivo quase todo planejamento odontológico envolve o trabalho conjunto de diferentes especialidades. Um exemplo é a integração entre ortodontia (responsável por corrigir problemas de oclusão dentária) e implantodontia (responsável por substituir/suprir elementos dentários ausentes através de implantes e prótese dentária fixa).
 
Durante um tratamento ortodôntico, os dentes são movimentados de forma que a oclusão seja melhorada. Espaços são fechados e em alguns casos poderá ser até necessário extrair um ou mais dentes para abrir espaço para movimentação. Com a finalização do tratamento ortodôntico, o paciente pode ser avaliado pelo implantodontista para verificar a necessidade de preencher algum espaço que não pode ser fechado com a movimentação dentária e indicar a colocação de implante dentário.
 
Exemplos de casos em que essa integração pode ser necessária:

 

  • O tratamento ortodôntico pode ser indicado para abrir espaço suficiente para colocar um implante dentário no local de um dente ausente. nossa equipe faz uma avaliação das condições bucais do paciente antes de indicar os implantes dentários. Em alguns casos, o espaço para colocação do implante pode não ser o ideal, por conta da inclinação dos dentes vizinhos. O tratamento ortodôntico pode ser realizado para movimentar os dentes e obter o espaço ideal para posicionamento do implante dentário com prótese e para que esse conjunto fique em harmonia com os dentes.
  • Em alguns casos em que há espaços exagerados entre dentes, apenas a movimentação dentária com tratamento ortodôntico pode não ser indicada para fecha-los. Então os implantes dentários podem ser indicados para preencher esses espaços;
  • Em alguns tratamentos ortodônticos é necessária a colocação de mini-implantes para ajudar na movimentação de alguns dentes.  
  • Existem dentes que não respondem bem à movimentação ortodôntica e podem sobrar espaços. Nesses casos, a colocação de implante dentário pode ser indicada para fechá-lo. 
  
 
Nem sempre há a necessidade de realizar o tratamento pelas duas especialidades odontológicas. Esse é um fator que só será determinado após uma criteriosa avaliação da nossa equipe.
 
Aos pacientes que se sentem incomodados e preocupados com o visual quando recebem indicação profissional de tratamento com aparelho ortodôntico, a ImplArt oferece soluções estéticas com aparelhos quase invisíveis ou aparelhos com bráquetes transparentes sem borrachinhas. Consulte a nossa equipe.
 
Agende uma consulta e conheça a ImplArt Odontologia e a nossa equipe multiespecialista. Ficaremos felizes em atendê-lo!

11 3262-4750

WhatsApp11 99598-1866

Fale Conosco [email protected]

Skypeclinica_implart

FacebookImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter  @implart

InstagramClinicaImplart

 

 
Palavras-chave: integração, ortodontia, implantes, implantodontia, tratamento odontológico, oclusão dentaria, prótese, movimentações dentarias, função mastigatória, fala, saúde bucal, cirurgião implantodontista, dentes, aparelhos quase invisiveisbraquetes transparentes, sem borrachinhas 

núcleo estético zircônia 
O núcleo estético é a estrutura interna de uma coroa dentária fabricada com material de cor clara, semelhante à dentina humana. Esse modelo de estrutura deixa a coroa protética com aspecto muito natural, mesmo quando submetida a luz. É uma alternativa estética em relação ao núcleo metálico.
 
O núcleo metálico, apesar de resistente, pode apresentar uma coloração interna escura quando a coroa é submetida a luz. Além disso, se houver retração gengival com o tempo, uma linha acinzentada entre gengiva e dente pode surgir. Essas condições não interferem tanto na estética do sorriso quando aplicadas em dentes posteriores, porem nos dentes anteriores podem deixar a coroa inestética. Portanto, o núcleo estético de zircônia é especialmente indicada para essa região pois o material é claro e translúcido. O dente protético fica praticamente indistinguível em relação aos dentes naturais.
 
A ImplArt Odontologia planeja e confecciona coroas e estruturas de zircônia com auxílio de modernos sistemas computadorizados, como os modernos sistemas 3Shape, Cerec Sirona e a impressora 3D de dentes Ceramill Motion 2. O projeto computadorizado do núcleo estético é totalmente personalizado e a confecção por impressora 3d confere à peça encaixe perfeito. Veja algumas indicações do núcleo estético: 

 

  • Coroa na região anterior - a parte mais visível da arcada dentária 
  • Paciente alérgico ao metal 
  • Dentes com tratamento de canal e bom remanescente dental
 
 
Saiba mais sobre coroa em porcelana
 
A coroa de zircônia é indicada para reconstruir e reforçar um dente que ainda pode ser preservado (normalmente com um tratamento de canal prévio), ou fixa sobre um implante dentário quando o dente não tem mais condições de ser mantido.

 

Agende uma consulta e conheça a ImplArt Odontologia e sua equipe especializada. Ficaremos felizes em recebê-lo!

 

11 3262-4750

WhatsApp11 99598-1866

Fale Conosco [email protected]

Skypeclinica_implart

FacebookImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter  @implart

InstagramClinicaImplart

 

 

Palavras-chave: núcleo estético, núcleo metálico, coroa dentaria, zircônia, prótese, metal free, cerec, estético, arcada dentaria, coroa de porcelana, tecnologia, equipe especializada, confortável, ágil, implante dentário.

 
implante curto straumann
 
Os novos implantes Standard Plus Short (SPS) Straumann® são os implantes mais curtos disponíveis no mercado (possuem apenas 4mm de comprimento) e são especialmente indicados para pacientes que, por algum motivo, encontram-se em condições de pouca disponibilidade óssea. A falta de altura óssea suficiente na mandíbula contra indica o uso de implantes de comprimento normal, se antes não for feito sua reconstrução dessa altura com enxerto ósseo.
 
Os casos mais comuns que comprometem a disponibilidade óssea são:

 

  • Reabsorção óssea mandibular severa – muito comum em desdentados há muitos anos;
  • Má qualidade óssea;
  • Histórico de doença periodontal;
  • Pacientes com outras condições clínicas, como diabetes, osteoporose,etc.
 
Esses novos implantes dão mais segurança ao dentista para indicá-los aos pacientes que antes não eram candidatos a recebê-los. Eles também aumentam a previsibilidade do tratamento e as chances de aceitação. Por esses implantes serem bastante versáteis na utilização em pacientes com disponibilidade óssea comprometida, a indicação de enxerto ósseo para reconstrução vertical pode ser dispensada em muitos casos, trazendo mais tranqüilidade e rapidez ao tratamento.

 

Saiba mais sobre Implantes Straumann clicando aqui.

 

Os implantes Standard Plus Short®são indicados para:
  • Próteses parciais fixas/unidades com splint (um implante por unidade) (Figura 1);
  • Casos de pônticos em combinação com um implante mais longo (Figura 2);
  • Casos de totalmente edêntulos com pelo menos 2 implantes SPS em combinação com 2 implantes mais longos na região anterior (Figura 3).
Os implantes Standard Plus Short® (SPS) Straumann® são confeccionados com uma liga de titânio-zircônio chamada Roxolid® que é comprovadamente mais resiste que o titânio puro. Também possuem superfície com tecnologia SLActive® que facilita o inicio e aceleração do processo de osseointegração.
A indicação desse ou de outros modelos de implantes dentários está condicionada a análise profissional de cada caso.
A ImplArt Odontologia está sempre buscando oferecer o que há de mais moderno na odontologia aos seus pacientes, principalmente no que se refere a implantes dentários. O Dr. Roberto Markarian, diretor da Clínica ImplArt, é membro da ITI – International Team for Implantology, uma entidade ligada à Straumann que congrega os melhores especialistas mundiais para o desenvolvimento de novos produtos e técnicas, especialmente em implantes dentários.
Em caso de dúvidas, agende uma consulta ou entre em contato conosco. Ficarem

 

11 3262-4750

WhatsApp11 99598-1866

Fale Conosco [email protected]

Skypeclinica_implart

FacebookImplanteDentarioClinicaImplArt

Twitter  @implart

InstagramClinicaImplart

 

 

Palavras-chave: implantes curtos Straumann, Standard Plus Short, 4mm,  disponibilidade óssea, mandíbula, enxerto ósseo, reabsorção óssea, mandibular, desdentados, má qualidade óssea, dentista, tratamento, próteses, edêntulos, titânio-zircônio, Roxolid, SLActive, osseointegração.

Subcategorias

implantes duvidas frequentes
 
Melhore sua qualidade de vida com implantes dentários !
O implante dental é um pino de titânio que substitui a raiz de um dente perdido.  O implante serve de apoio para a prótese (dente) que deve ser semelhante aos dentes naturais em estética e função. O implante dental pode ser indicado para repor a perda de todos os dentes, de alguns ou de apenas um dente.
 
Implante Dentário: vantagens?
A perda de dentes pode levar a problemas estéticos, de mordida e ósseos, portanto é fundamental uma rápida reposição do dente. Mais vantagens:
  • O implante dental é  fixo
  • Não há necessidade de comprometer os dentes naturais adjacentes
  • O implante paraliza a atrofia do osso após a perda de um dente
 
Implante Dental: contra indicações
  • Em pacientes que apresentam problemas de saúde geral
  • Quando não há uma quantidade de osso suficiente para a colocação do implante ( pode ser solucionado com técnicas de enxerto ósseo)
 
Implante Dental: como é feito ?
Por uma pequena cirurgia no próprio consultório odontológico sob anestesia local,  são instalados os implantes de titânio dentro do osso. O implante demora cerca de 3 a 6 meses para aderir ao osso (osseointegração) Após esse tempo pode-se começar os moldes para a instalação da prótese dentária sobre o implante.
 
*Em alguns casos selecionados já podem ser realizadas cirurgias com carga imediata (prótese no mesmo dia da cirurgia).

 

A cirurgia de implantes dentários é executada pelo implantodontista.

coroa sobre implante dentario  

A etapa de prótese é realizada após alguns meses da cirurgia de implante dentário.


Nesta etapa, o paciente e o dentista vão decidir juntos qual a melhor opção de material para cada tipo de prótese. Se for de metalocerâmica, o especialista vai escolher a cor correta para que ela se uniformize com os dentes naturais. Outra opção à pode ser com porcelanas sem metal (metal-free) como a zircônia, que é muito bem indicada para os dentes anteriores.

 

As resinas podem ser utilizadas com sucesso em próteses da arcada completa, ou em dentes provisórios. Antes de iniciar a prótese, pode ser necessária uma pequena cirurgia para expor os implantes, caso eles estejam ainda recobertos pela gengiva. Nesse momento será instalada uma peça metálica (cicatrizador) que fará com que a gengiva cicatrize com um formato adequado. Uma gengiva saudável e cicatrizada permite que sejam iniciadas as moldagens dos implantes e gengivas.

 

IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário