carga imediata

A carga imediata consiste na colocação de alguns implantes que vão servir para fixar a prótese dentária que vem logo em seguida. Essa técnica é utilizada para reduzir as etapas do procedimento e permitir a restituição do sorriso mais rapidamente. Assim, o dente é fixado diretamente no implante durante a cirurgia ou poucos dias depois.

 

No procedimento comum um dente provisório em acrílico é colocado na posição correta durante três meses (período de cicatrização). Depois desse período implante e osso estão mais unidos e gengiva mais estável, possibilitando a realização do moldes para o dente definitivo em porcelana.

 

 

No caso da carga imediata unitária, a técnica é utilizada para a reabilitação de apenas um dente. Esse tipo de intervenção é utilizado quando o dente está muito comprometido através de cáries, doença periodontal e fraturas. Outra situação é a não existência do dente. A extração do dente seguida pela instalação do implante é o procedimento de implante imediato.

 

Mesmo com o planejamento, em alguns casos existem incertezas sobre o uso da carga imediata, já que alguns fatores não podem ser previstos como a estabilidade do implante (torque de inserção) e a qualidade do osso. A técnica é indicada especialmente para os dentes anteriores, principalmente os incisivos, em que existem menos forças de mastigação. Os dentes do fundo não são indicados para carga imediata pois a mastigação exerce muita força na região e diminui as chances de sucesso.

 

Para realizar o procedimento o paciente deve estar com a saúde em dia com boas condições para facilitar o implante. Além disso, a estrutura óssea favorável é imprescindível para a realização da carga imediata. Doenças sistêmicas descontroladas e tabagismo são fatores que devem ser avaliados pelo dentista, pois o cigarro diminui as chances de osseointegração.

 

Palavras-chave: carga imediata, carga imediata unitária, osseointegração, implante, saúde, dente, dentista, prótese dentária, técnica, unitário, individual

 

Guia rápido sobre a carga imediata

A maioria das pessoas deve ter dúvidas sobre o procedimento de carga imediata, como ele é feito, quem pode fazer, quanto custa e outras perguntas.

Por isso, o site preparou um guia rápido com perguntas e respostas sobre a carga imediata para que os pacientes possam ver quais são as dúvidas mais frequentes e também para deixarem suas questões sobre a técnica. A Clínica Implart dispõe de uma equipe de especialistas liderados pelo Dr. Roberto Markarian, professor mestre e especialista em Implantodontia.

 

1 – O que é a carga imediata?

A carga imediata é um procedimento em que os pacientes que possuem poucos dentes ou nenhum recebem implantes (cinco ou seis) que servirão de base para a prótese dentária que vem logo em seguida.  Além disso, pessoas que perderam apenas um dente também podem optar pela carga imediata.

O diferencial é o tempo de tratamento já que o paciente sai do consultório com um novo sorriso.

 

 

2- Quais as diferenças com o implante comum?

A maior diferença entre a carga imediata e a técnica comum é o tempo. No procedimento padrão o paciente espera de quatro a seis meses para recobrar seus dentes. Primeiro os implantes são colocados, depois vem uma prótese provisória para depois ser colocada a prótese final.

Normalmente, no processo de carga imediata uma prótese provisória é utilizada para permanecer na posição correta durante três meses durante (tempo de cicatrização). Somente depois disso a prótese definitiva é confeccionada.

Dependendo do caso, a prótese final pode ser feita em 72 horas ou uma semana após a cirurgia.

 

3 – Todas as pessoas podem optar pela carga imediata?

Inicialmente não existem contra-indicações para a carga imediata, mas o paciente deve ter uma boa estrutura óssea para optar pelo procedimento, já que a técnica exige uma condição óssea favorável.

Alguns hábitos e doenças são desfavoráveis para a realização da carga imediata como: doenças descontroladas, problemas psicológicos, fumo exagerado e pessoas que possuem outros enxertos ósseos.

 Pacientes com doenças sistêmicas, cardiopatia, hipertensão e diabetes precisam de autorização médica para realizar as cirurgias.

 

 

4 – Quanto custa o implante dentário com carga imediata?

Não há como ter um orçamento padrão para a realização da carga imediata. Cada pessoa tem suas características pessoais e suas necessidades, que vão determinar o preço do procedimento.

Uma avaliação criteriosa de um dentista especializado em implantodontia é imprescindível para determinar como o tratamento será feito e dessa forma determinar o valor final do procedimento.

 

5- Qual profissional devo procurar?

Muitos dentistas realizam implantes, mas, apenas os especialistas em implantodontia (implantes dentários) possuem a habilitação necessária e a experiência para realizar o procedimento com total segurança e com bons resultados.

 

6- Meu dente se quebrou devido a um acidente, posso implantar outro imediatamente??Na maioria dos casos é melhor fazer outro dente imediatamente para manter a estética do sorriso e forma da gengiva. Caso tenha havido perda de osso ou gengiva deverá ser feito um planejamento indivualizado.

 

7- Não é arriscado colocar um implante tão cedo em uma área onde houve infecção?

Normalmente se a infecção estiver controlada, sem pús ou outro resíduo de dentes, não há problema em fazer o implante. É muito importante que exista osso ao redor do local.

 

8- Tenho interesse em implante total superior total. Já fiz a radiografia panorâmica. Gostaria de saber o preço e o período possível para ser feito o serviço? E o custo?

Precisamos realizar uma consulta na clínica para determinar a real necessidade de seu caso. Precisaremos analisar seus exames como radiografia panorâmica para planejar seu caso e estimar o prazo. Não podemos estimar custos sem uma consulta presencial.

 

9- Vou ficar sem os dentes por algum tempo?

Para os casos de prótese fixa de todos os dentes na arcada inferior, nunca deixamos o paciente sem uma prótese. Realizamos os implantes e em seguida ele recebe uma prótese fixa (provisória). A dentadura inferior imediata é muito solta e muitas vezes o paciente não se adapta.

 

 

Palavras-chave: implante, implantes, implante dentario, carga imediata, carga máxima, carga rapida, carga total, implantes, carga imediata, perguntas, respostas, dentista, implante, prótese, características pessoais, avaliação, diferenças, implantodontia

 

carga imediata em implantes dentarios

 

 Devido aos avanços científicos, hoje é possível, em casos selecionados, entrar no consultório sem dentes e sair no final do dia com todos os dentes fixos sobre os implantes dentários. Essa tecnologia, conhecida como carga imediata, proporciona uma grande satisfação aos pacientes devido aos rápidos resultados.

Os implantes com carga imediata podem ser utilizados nos seguintes casos:

  • arcada total sem dentes ( substituição de dentadura por dentes fixos )
  • arcada completa com alguns ou poucos dentes (normalmente dentes ou raizes dentárias com doença periodontal, dentes muito cariados ou próteses antigas)
  • dentes unitários ou individuais (principalmente na região anterior)
  • prótese dentária fixa de alguns dentes (em casos selecionados)

 

A carga imediata pode ser realizada para um único dente ou para todos os dentes

 

A carga imediata nem sempre é utilizada em todos os casos pois depende de condições específicas e favoráveis do caso. Portanto devemos planejar com critério seu caso de forma a obter o sucesso esperado.

A carga imediata é um procedimento que visa a instalação de uma prótese provisória inicialmente. O tempo decorrido até confecção da prótese final será discutido com o dentista e varia a cada caso.

 

Quer saber mais informações sobre a diferença entre o tratamento com carga imediata e os tratamentos normais, clique aqui.

Clique aqui para ver fotos e videos de tratamentos com carga imediata.

 

Possuímos toda estrutura para fazer sua carga imediata com tranquilidade, venha fazer sua avaliação e iremos analisar se o seu caso pode ser resolvido com carga imediata. 

Marque já sua consulta ! (011 3262-4750)

 

 

palavras-chave: implantes osseointegrados, carga imediata, maxima, carga, implante, implantes, dentario, dentarios, dental, prótese dentária, arcada completa, prótese fixa, dentes fixos, prótese, all on 4, all on four, total, dentadura, implantologia, implantação, carga rápida.

Pessoas que perderam vários dentes ou todos eles dependem totalmente das próteses móveis (dentaduras) para ter um vida normal, sorrindo e realizando suas refeições diárias. Uma boa opção para esses pacientes é o implante, que vai facilitar as atividades do dia-a-dia.

Para quem perdeu diversos dentes há muito tempo, um dos tratamentos possíveis é o implante imediato, quando a colocação do mesmo é feito de forma rápida, logos depois que os dentes são retirados, para evitar a atrofia do osso, situação que ocorre em áreas que ficaram sem dentes durante um longo período.

Nessa técnica, o dentista procura utilizar uma prótese fixa para todos os dentes, melhorando a mastigação dos alimentos, com uma estética e uma durabilidade melhorar. O paciente literalmente recebe novos dentes.

O primeiro passo do tratamento é instalar os implantes para recobrar as raízes perdidas, em seguida a prótese final é instalada no implante. Com esse procedimento o paciente também pode sair com seus novos dentes no mesmo dia, com a técnica de carga imediata, que permite uma instalação mais rápida com a mesma eficiência.

Todos os tratamentos possíveis para recuperar os dentes e o sorriso são decididos pelo dentista, juntamente com o paciente de acordo com seus desejos e possibilidades, considerando os resultados e os benefícios de cada técnica.

Palavras-chave: implantes imediatos, dentista, paciente, carga imediata, dente, sorriso, implante, prótese, tratamento, procedimento

IMPLANTE DENTAL FB

 

 

 

Estética Dental

Implante Dentário